Logo

Atendimento

Carrinho
zoom passe o mouse
Ben-Hur (Ref: 9788582161876)
Avalie este produto





 

Lew Wallace (1827-1905) foi escritor, militar, advogado e diplomata dos Estados Unidos. Na carreira militar e política, serviu na Guerra de Anexação do Texas e na Guerra de Secessão (com as forças da

União), foi governador do Território do Novo México (1878-1881) e ministro encarregado de negócios na Turquia (1881-1885).

Há algumas lendas sobre a fé do general Lew Wallace e sobre como escreveu um romance épico

 

 

religioso. Mas o próprio autor conta – no prefácio de seu livro O primeiro Natal (1899) – que foi apenas depois de uma conversa no trem com o agnóstico Robert G. Ingersoll que percebeu que precisava conhecer mais sobre sua própria fé, pois apesar de ter frequentado a Igreja Metodista ao longo de sua vida, sempre foi indiferente à religião e possuía poucas certezas sobre o assunto. Resolveu então escrever um livro para ter uma motivação a mais para o estudo das Escrituras, o que resultou em sua obra-prima, Ben-Hur – Uma história dos tempos de Cristo (1880), e em “uma convicção que representa a crença absoluta em Deus e na divindade de Cristo”.

Disponibilidade: Envio imediato
por R$ 39,90
em 4x de R$ 9,98 s/ juros
Quantidade: No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
Digite seu CEP:
Descrição





 

Ben-Hur – Uma história dos tempos de Cristo é um romance épico que narra a história de um

homem nobre, íntegro e bondoso, que, após ser traído e acusado injustamente por seu amigo de infância e irmão adotivo, Messala, sobrevive por anos como escravo, alimentando a dor, o ódio e o desejo por vingança. A jornada do príncipe Judá Ben-Hur é contemporânea à de Jesus de Nazaré, e essas duas histórias paralelas se encontram em alguns momentos, o suficiente para mudar os passos de Judá.

 

 

Na obra de Lew Wallace encontramos batalhas, romance, acontecimentos históricos e corridas de quadrigas de tirar o fôlego, mas ela é, sobretudo, uma história sobre perdão. Foi publicada pela primeira vez em 1880, mas continua atual e inspiradora. A obra foi adaptada quatro vezes para o cinema, entre elas o grande sucesso de 1959, que ganhou 11 Oscars, incluindo o de Melhor Filme.